Resenha Mascara a Vida não é um jogo

                                                        Sinopse

No mundo de Domus, a morte é a moeda que alimenta o jogo. E a verdade pode custar a vida. Liam é um garoto que viveu por muito tempo isolado devido aos constantes castigos do sádico tio, um carrasco ex-militar. Porém, inesperadamente, surge uma entidade maléfica, uma figura das trevas trajando uma máscara, e passa a o perseguir, levando-o a participar de um jogo num mundo surreal, chamado Domus. Junto a um grupo, Liam parte para uma experiência  alucinante, em que os pecados da humanidade serão colocados em xeque, como numa espécie de julgamento. Um combate onde o principal objetivo do adversário é mostrar o quão odiosa é a raça humana... Mas ainda há muitos mistérios que rodeiam este intrincado jogo. Por qual motivo a criatura possui tamanha obsessão por ele? E vale a pena prosseguir, já que a morte é a única certeza?

                                                    Resenha


Liam, pensava que nunca iria escapar dos castigos e punições de seu tio carrasco. Depois da morte de seu tio ele descobriu o mal que existe atrás daquela mascara daquela entidade do mal (Nero). Com a ajuda de um policial e outras pessoas conseguem escapar do mal, mas aos seus 17 anos é raptado e levado para Domus. Quando acordado ele tinha que escolher os seus companheiros. Com a ajuda de  Mary, Genevive, Ramón, Kiki e Daniel partem uma grande jornada passando por fome, chuva e seres que eles não gostariam de ter a sua presença. Mas o que ele não sabe, é que o principal motivo do jogo é lavar a sua morte.

                                                 Minha Opinião


Um livro bem legal para quem gosta de livro e filmes de terror. É um livro de fácil entendimento, e uma trama bem elaborada, a capa muito bonita já dá um adiantamento do  conteúdo que vai ser abortado no livro. Gostei e recomendo pra quem gosta de livros de terror


O autor...




Estudante, Luiz Henrique Simão Mazzaron nasceu em São Bernardo do Campo, mas viveu toda sua vida em Santo André, São Paulo. Durante o Ensino Fundamental, passou por uma época difícil e encontrou refúgio nos livros policiais e de suspense. Adorador da literatura estrangeira, usou-a como base para suas obras da série "Máscara".
 

                                        
        











 Parabéns Luiz Henrique Mazzaron

Nenhum comentário:

Postar um comentário